jump to navigation

Kepler (tanta potencialidade pt.2) 04/02/2011

Posted by João Lopes in Astrobiologia, Água no Universo, Habitabilidade Planetária, Planetas Extra-Solares.
add a comment

1235 candidatos a planetas extra-solares. Parece-vos bem?

Candidatos da Kepler em tamanho e localizacão. Crédito: NASA/Wendy Stenzel

 

Desses 1235 que a Kepler nos “mostrou”, e que foram apresentados há dois dias atrás, há a ter em consideração o seguinte:

– 68 são candidatos de tamanho idêntico à a Terra;

– 288 são Super-Terras;

– 662 são de tamanho idêntico a Neptuno;

– 165 são de tamanho idêntico a Júpiter;

– Maioria orbitam estrelas da mesma classe espectral que o Sol (Classe G);

– 54 desses candidatos encontram-se na “Zona Habitável”;

– 5 desses 54 que se encontram na “Zona Habitável”, são idênticos à Terra no tamanho.

Anúncios

Kepler (tanta potencialidade…) 04/02/2011

Posted by João Lopes in Astrobiologia, Água no Universo, Exploração Espacial, Exploração Planetária, Habitabilidade Planetária, Planetas Extra-Solares.
add a comment

Aqui fica um vídeo interessante da Kepler:

Crédito: astropt.org

 

http://www.space.com/10751-kepler-reveals-amazing-amount-planets-habitable.html

Novas de “águas de Marte” 27/06/2010

Posted by João Lopes in Água no Universo, Geologia Planetária, Habitabilidade Planetária, Marte, Recriações artísticas.
add a comment

Cientistas afirmaram que terá corrido água em Marte há bem menos tempo do que se pensava, ou seja centenas de milhões de anos. As evidências encontraram-se em vários canais marcianos. Segundo um estudo recente, um vasto oceano terá coberto cerca de 1/3 da superfície do planeta vermelho.

Crédito: NASA

Contudo, só agora se pode ver que água no estado líquido correu em Marte no período “recente” de centenas de milhões de anos. Pode-se ler este estudo na publicação da Icarus.

Buraco Lunar para futuros colonos? 02/01/2010

Posted by João Lopes in Água no Universo, Colonização do Espaço, Habitabilidade Planetária, Humanos no Espaço.
add a comment

Uma equipa internacional de astrónomos descobriu um buraco vertical no lado visível da Lua. É quase circular e tem 65 metros por 80-88 de profundidade. Foi sugerido que terá sido formado por um tubo de lava colapsado criado na altura em que a Lua teve vulcanismo activo.

Crédito: ISAS/JAXA/SELENE/Junichi Haruyama et al.

A ideia de bases permanentes na Lua veio a ganhar peso com a confirmação de água no nosso satélite natural. Dessa forma os cientistas afirmaram que “como os tubos de lava possibilitam abrigos do ambiente hostil da superfície lunar, poderão um dia vir a ser úteis para bases lunares”.



Pandora 28/12/2009

Posted by João Lopes in Colonização do Espaço, Habitabilidade Planetária, Planetas Extra-Solares, Recriações artísticas.
add a comment

Satélites Naturais capazes de albergar vida, como Pandora (Avatar) e Endor (Guerra das Estrelas) poderão ser potencialmente detectados, caso existam. De acordo com Lisa Kaltenegger, do Harvard-Smithsonian Center of Astrophysics, “se Pandora existisse, poderíamos potencialmente detectá-la e estudar a sua atmosfera na próxima década.”.

Fig.1 – Recriação artística de um gigante gasoso com um satélite natural idêntico a Pandora.

(Crédito: David A. Aguillar, CfA)

Leia o artigo.


Super-Terras melhores para sustentarem vida? 02/12/2009

Posted by João Lopes in Astrobiologia, Habitabilidade Planetária, Planetas Extra-Solares.
add a comment

De acordo com um grupo de astrónomos, mais especificamente com Sasselov, as Super-Terras poderão apresentar melhores condições para albergarem vida.

Recriação Artística do Sistema Planetário Gliese 581 (três dos quatro planetas são Super-Terras).

In Astronomy Now On-Line.

Fica a ser porquê neste artigo.

Formação de Terras 01/11/2009

Posted by João Lopes in Geologia Planetária, Habitabilidade Planetária, Planetas Extra-Solares.
add a comment

Um novo estudo da NASA, através de modelos dinâmicos e químicos, demonstra como os planetas idênticos à Terra se poderão formar.

091022-star-system-02Crédito: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle (SSC)

Leia o artigo completo.


E o vencedor é…Encélado! 17/10/2009

Posted by João Lopes in Colonização do Espaço, Habitabilidade Planetária.
add a comment

Um estudo da Universidade de Porto Rico, em Arecibo, fez um estudo relativamente aos corpos mais habitáveis (H) do Sistema Solar, caso a Humanidade tivesse que sair da Terra.

O estudo indica que os corpos com melhor habitabilidade são:

1 – Encélado –  H= 0.5

2, 3 – Marte e Europa – H= 0.3

4 – Titã – H< 0.0001

Habitability_Image_LR_1-580x436In Universetoday.com

enceladus-agu-401x580Imagem de Encélado tirada pela Cassini em 2008.

Crédito: NASA/JPL/Space Science Institute Cassini

Leia o artigo completo.

Missão Kepler e os exo-satélites naturais 05/09/2009

Posted by João Lopes in Colonização do Espaço, Habitabilidade Planetária, Planetas Extra-Solares.
add a comment

A Missão Kepler tem, grosso modo, o objectivo de procurar planetas habitáveis idênticos ao nosso. Mais especificamente, o de explorar a estrutura e diversidade de sistemas planetários, a partir do estudo de um grande número de estrelas. Através desse mesmo estudo, o brilho das estrelas estudadas será analisado, ou seja, o método de detecção será o de Trânsito.

David Kipping, astrónomo da University College London, no Reino Unido, avançou com uma ideia de um método de detectar satélites naturais habitáveis de planetas extra-solares. A equipa de Kipping determinou que satélites naturais extra-solares com 0.2 massas terrestres poderão ser detectadas pelo Kepler.

keplerPPTCrédito: NASA

Através da tecnologia actual, o Kepler poderá procurar planetas idênticos à Terra em cerca de 25 000 estrelas até cerca de 500 anos-luz do Sol, o que corresponderá à análise de milhões de estrelas. Williams et al. (1997) debatem não só a questão dos requisitos necessários para que os satélites naturais extra-solares sejam habitáveis, como os problemas existentes para que a habitabilidade se verifique nos mesmos.

Veja o artigo mais pormenorizadamente e/ou aceda à página da Missão Kepler.