jump to navigation

Via Láctea 31/10/2009

Posted by João Lopes in Astrofotografia.
add a comment

O astrónomo Axel Mellinger, da Universidade Central de Michigan delicia-nos com esta sua bela imagem, composta por 3000 frames individuais (CCD) resultantes entre Outubro de 2007 e Agosto de 2009. Os locais escolhidos para serem tirados, foram África do Sul, Texas e Michigan.

milky-wayCrédito: Axel Mellinger

Para ver aspectos técnicos da imagem clique aqui. Para ver a imagem em tamanho maior, com a opção de zoom, clique aqui.

Anúncios

Quer ser voluntário? 30/10/2009

Posted by João Lopes in Exploração Espacial, Marte.
add a comment

A ESA e o Instituto de Problemas Médicos e Biológicos ainda não conseguiram arranjam os voluntários suficientes para uma simulação de uma missão tripulada a Marte. Se tiver conhecimentos em Medicina, ciências computacionais e/ou engenharia e falar Russo e Inglês, poderá ser um dos escolhidos para a simulação.

Apesar da aplicação ter sido aberta na última semana, ainda não há voluntários suficientes. A missão/simulação consiste em 520 dias de expedição a Marte. 250 dias serão de viagem, 30 dias na superfície e 240 de viagem de regresso.

simulated-mars-mission-580x258In Universe Today

Os participantes terão direito a pagamento, embora ainda não esteja definido o montante. Clique aqui para ver o artigo completo.

Verdadeiro ou Falso? 27/10/2009

Posted by João Lopes in Impactismo.
add a comment

Um (possível) meteorito “caiu”, no Domingo passado, na Letónia. A cratera tem cerca de 20m de diâmetro. Há, contudo, quem tenha vindo prontamente afirmar que o impacto nunca existiu e que foi tudo criado por pessoas.

Latvia-impact In Universe Today

Leia o artigo completo.

Cavernas Marcianas 26/10/2009

Posted by João Lopes in Astrobiologia, Marte.
add a comment

Recentemente foram descobertas depressões na superfície Marciana, que levam a crer que sejam entradas para um sistema de cavernas. Embora já antes se tivesse sugerido a existência de túneis subterrâneos (a partir de imagem de Marte), as novas evidências são mais convincentes.

091023-sky-light-02Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

Os Tubos de Lava foram também verificados perto do Arsia Mons. Se de facto as depressões forem túneis subterrâneos/cavernas, as potencialidades para haver vida microbiana são maiores. Mais, poderão oferecer abrigo para futuras missões tripuladas.

Leia o artigo completo.


Explorar o Céu com a Astronomy 26/10/2009

Posted by João Lopes in Mapas celestes.
add a comment

theautumnsky_700Crédito: Astronomy.com

Aqui fica um vídeo de como observar o Céu e nele se orientar, a partir de um mapa do céu nocturno da Astronomy.

30 novos planetas! Só?!?! 25/10/2009

Posted by João Lopes in Planetas Extra-Solares.
add a comment

Na conferência que teve lugar no CAUP no decorrer da semana passada (já referida em post anterior), que teve a presença de Nuno Santos, Stephane Udry e Xavier Bonfils, foi anunciado que a equipa que trabalha com o HARPS detectou…30 novos planetas!!!! Este número encontra-se presente na Enciclopédia dos Planetas Extra-Solares (www.exoplanets.eu), sendo que no Spacedaily (www.spacedaily.com) é referido que foram detectados 32 (29 planetas e 3 anãs castanhas).

Um dos planetas detectados, orbita em torno da uma estrela Gliese 667 C, pertence a um Sistema Triplo. O planeta possui cerca de 6 massas terrestres e a sua distância média à estrela (de cerca de 0.38 massas solares) é cerca de 1/20 da distância média da Terra ao Sol.

phot-39a-09-fullresRecriação artística do Sistema Gliese 667. Crédito: ESO

O número de planetas extra-solares aumentou assim para 403.

Clique aqui, aqui e aqui para aceder a diferentes links.

Exploração futura na Lua (NASA) 24/10/2009

Posted by João Lopes in Humanos no Espaço.
add a comment

Aqui fica um vídeo da NASA, uma visão da exploração futura na Lua.

206634main_jsc2007e113280Crédito: NASA

Clique aqui para ver o video.

Poster das missões a Marte 24/10/2009

Posted by João Lopes in Exploração Espacial.
add a comment

Aqui fica um poster interessante (tipo gráfico de barras), relativo às missões espaciais a Marte (apresentadas cronologicamente). Constam igualmente algumas das missões previstas no futuro.

marsposterIn imgur.com

Clique aqui para ver em tamanho maior.

Moléculas orgânicas detectadas na atmosfera de um planeta extra-solar 21/10/2009

Posted by João Lopes in Astrobiologia, Planetas Extra-Solares.
add a comment

Dados do HST e do Spitzer, através de observação espectral, revelaram a presença de Dióxido de Carbono, Metano e Vapor de Água na atmosfera do planeta HD 209458b. Este planeta é gasoso, encontra-se na constelação da Cassiopeia, tem um período orbital de 3,5 dias terrestres em torno de uma estrela de Classe Espectral G (como o Sol).

Atmosphere-around-planet-580x463Crédito: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle (SSC)

Este é o segundo planeta extra-solar onde água, metano e dióxido de carbono são encontrados, sendo processos biológicos potencialmente importantes em planetas habitáveis. Detectar compostos orgânicos em dois planetas extra-solares aumenta a possibilidade de passar a ser comum detectar planetas com moléculas que poderão estar ligadas à vida.

Mark Swain, investigador do JPL

Extinção dos Dinossauros – mais uma teoria 20/10/2009

Posted by João Lopes in Impactismo.
add a comment

A teoria mais aceite pelos especialista, da extinção dos Dinossauros, assenta no impacto de um asteróide com cerca de 10km de diâmetro na Península do Iucatão, há cerca de 65 milhões de anos. Há, contudo, também a ideia/teoria que as mudanças de clima e a grande actividade vulcânica foram as responsáveis.

091019-dinosaur-crater-02

Crédito: stockpex

Todavia, o paleontólogo Sankar Chatterjee, da Texas Tech University, sugeriu que o impacto de Chicxulub não é o responsável pela extinção dos Dinossauros, mas sim o resultante de uma bacia na Índia (Shiva). De acordo com este cientista, este impacto terá sido o responsável pela extinção em massa KT.


091015-shiva-crater-02

Reconstrução a 3 dimensões da cratera Shiva (~ 500 km de diâmetro). Crédito: GSA/Chatterjee

Leia o artigo completo.