jump to navigation

Água e mais água. Água por todo o lado! 29/09/2009

Posted by João Lopes in Água no Universo.
add a comment

A fascinante descoberta de gelo de água na superfície Lunar, veio a levantar ainda mais questões sobre a possibilidade quer da possível existência de  vida noutros pontos do Universo, quer da hipóteses de futuras colónias humanas no Espaço. Pelo que veremos a seguir, não é de todo errado pensar que a água é abundante…no Universo.

Water-MoleculeIn energ-y.com

A Água é ridiculamente comum, uma das moléculas mais comuns do Universo.

Nicolas Cowan, University of Washington in Seattle

Comecemos pelo Sistema Solar:

SISTEMA SOLAR INTERIOR:

– Mercúrio: O eixo de rotação de Mercúrio é praticamente perpendicular ao plano da sua órbita, ou plano da eclíptica. Isto torna o ângulo de incidência dos raios solares nos pólos muito reduzido. Assim, o interior de um dado número de crateras estará sempre com sombra, a temperaturas muito baixas (~ – 200 ºC). As imagens que foram efectuadas por radar apontam para a existência de um determinado material muito reflectivo, o que poderá sugerir a presença de gelo de água, possivelmente levado por meteoritos ou cometas.

– Vénus: Imagens da Venus Express sugerem que Vénus deverá ter tido oceanos no passado, apesar de ser um mundo infernal na actualidade. O efeito de estufa descomunal de Vénus terá, provavelmente, feito evaporar os oceanos.

– Lua: Tal como já tão referenciado, foi detectado gelo de água na superfície lunar.

– Marte: A Mars Express detectou gelo de água no Pólo Sul de Marte. A Mars Odissey criou um mapa da água presente no Pólo Norte Marciano. A Phoenix Mars Lander, confirmou, no ano passado, a existência de gelo de água no Ártico Marciano. Recentemente,  a Mars Reconnaissance Orbiter, detectou gelo de água subterrâneo a baixas latitudes.

SISTEMA SOLAR EXTERIOR:

– Júpiter: – Europa, Ganimedes e Calisto: os satélites galileanos são pontos importantes. O primeiro,é composto por uma superfície de gelo de água e, poderá ter, como resultado das forças de maré e campo magnético induzido, uma fonte de calor interna, podendo assim ter um oceano subterrâneo de água líquida. O mesmo poderá acontecer com Ganimedes e Calisto.

– Saturno: – Titã e Enceladus: Titã é um mundo fascinante. Tem um conjunto de factores que a assemelham à Terra primordial. Tudo indica que haja criovulcanismo, isto é, erupção de água e outros líquidos (neste caso amoníaco), devido ao calor interno de um planeta ou satélite natural). Isso indica que possa haver, igualmente, um oceano de água líquida subterrâneo. Enceladus, por sua vez, poderá também ter um oceano de água líquida, debaixo da sua superfície gelada, que é levada (pensa-se) através de jactos da mesma para a superfície.

Urano e Neptuno são gigantes gelados, ricos em água, amoníaco e metano. Titânia e Oberon (satélites naturais de Urano) e Tritão (satélite natural de Neptuno) sugerem igualmente ter oceanos “escondidos”.

– Plutão: O planeta “despromovido” mais conhecido, é, segundo se pensa,  constituído por 30% de gelo de água.

– Cintura de Kuiper: Zona de corpos gelados, nomedadamente de planetas anões gelados (Eris, por exemplo).

– Nuvem de Oort: Grande reservatório de cometas. Tal como se sabe são corpos constituídos por gelo de água, poeiras e gases gelados.

Fora do Sistema Solar, já foram detectados sinais de água em planetas extra-solares. Mais, foi detectado vapor de água num jacto criado por um buraco negro supermassivo, no centro da galáxia MG J0414+0534. A radiação detectada demorou cerca de 11 mil milhões de anos-luz a chegar até nós.

O que pensar? A molécula de água é mesmo comum no Espaço. Assumindo que é essencial para a vida (como a conhecemos), não é descabido pensar que outras formas de vida possam, de facto, existir no Universo.

Anúncios

Estando a Lua na moda… 28/09/2009

Posted by João Lopes in Bibliografia, Lua.
add a comment

Sabendo que a Lua está na moda, devido à recente descoberta de gelo de água “espalhado” pela sua superfície, aqui fica a sugestão de um livro interessante, sobre as possibilidades da exploração futura do nosso satélite natural.

asi199900040

Veja o conteúdo do livro.

Pode ser adquirido através da Amazon.com ou da Amazon.co.uk (recomendada) por cerca de €23. A opção de usados é geralmente bastante vantajosa.

“Pôr-da-Lua” no Infravermelho 28/09/2009

Posted by João Lopes in Astrofotografia, Lua.
add a comment

Eis uma bela imagem no infravermelho do pôr-da-Lua.

Moonset-Sept-20-MosaicIn UniverseyToday.com

Clique aqui para ver num tamanho maior.

Lua mais apetecível 27/09/2009

Posted by João Lopes in Água no Universo, Lua, Missões Espaciais.
4 comments

A confirmação da descoberta de água (gelo) “espalhada” pela superfície Lunar, fez disparar o interesse (já antigo) nas missões tripuladas e/ou mesmo para futuras bases lunares.

WateronMoon_20090924Crédito: NASA

20071009_spacehabCrédito: Cosmos Magazine

Leia o artigo completo e participe numa sondagem do Space.com relativamente à importância da existência de água na Lua.

Gelo de água perto do equador Marciano 27/09/2009

Posted by João Lopes in Água no Universo, Marte, Sistema Solar.
add a comment

Imagens da HiRISE Camera (Mars Reconnaissance Orbiter) revelam, ao contrário do que os investigadores julgavam,  gelo de água subterrâneo em regiões próximas do Equador Marciano. O gelo parece ser 99% puro, e não de uma mistura de gelo com poeiras, como se esperava.

Mars-water-crater-1

MRO-water-ice-comparison

Crédito: NASA/JPL-Caltech/University of Arizona

Os resultados da investigação foram detalhados na Science.

Leia os artigos aqui e aqui.

Água na Lua? Sim, há mesmo! 24/09/2009

Posted by João Lopes in Água no Universo, Lua.
add a comment

Há mais água na Lua que se pensava inicialmente. Dados recentes sugerem que existe água na Lua “espalhada” um pouco por toda superfície em forma de hidróxilo e/ou moléculas, em baixas concentrações. É possível também, que exista um ciclo da água, relacionado com o dia lunar.

water-on-the-moon

Leia o artigo completo.

Mais “Energias”… 23/09/2009

Posted by João Lopes in Cepticismo.
add a comment

Estando na presença de mulheres, as probabilidades de surgirem conversas sobre Esoterismo são maiores. Além disso, parece que atraio essas conversas, mesmo não puxando o assunto. Aliás, grande parte das vezes limitam-se a iniciar conversas comigo sobre esse tema. E assim que o fazem, eu esfrego as mãos de contentamento cá por dentro.

energy

Ora bem, nova situação, nova conversa, novas mulheres a falarem. Desta vez foi durante um almoço, no qual éramos quatro, sendo eu o único homem presente. A dada altura uma das minhas amigas começou a falar em Energia. Pensei que o tema iria ser científico, até ao ponto em que ouvi da boca dela  “atrair boas e más energias”…!

Daí para a frente vi o que aquilo iria dar. Então, perguntei o que eram boas e más energias. A minha amiga respondeu que provinham das intenções das pessoas, daí haver mau-olhado, pragas, etc. Perguntei-lhe se ela tinha algum estudo científico que me provasse o que  estava a dizer. Respondeu que não, mas que não precisava de estudos dessa natureza. De seguida disse-lhe que eu podia indicar-lhe inúmeros estudos científicos que a garrafa que estava em cima da mesa tinha Energia Potencial, que a minha comida me conferia a Energia Química que eu necessitava ou que o carro de F1 que se via em andamento na TV tinha Energia Cinética. Nisto ela diz: “As energia boas e más pairam sobre nós e saem-nos pela pele.”…!!!!!

“Saem-nos pela pele?!?!?”, perguntei eu, incrédulo.

“Tens que ir a uma formação sobre Energia, já que parece que pouco percebes disso”, dizia uma delas. Da “Energia” das minhas colegas nem quero perceber! Por vezes chego à conclusão que de nada vale tentar sensibilizar as pessoas para acreditarem mais na Ciência.

Bela Imagem II 22/09/2009

Posted by João Lopes in Astrofotografia.
add a comment

Mais uma bela imagem da APOD da NASA. A Zona da Tarântula, na Nebulosa da Tarântula (NGC 2070),encontra-se na Grande Nuvem de Magalhães. A imagem cobre mais de 2000 anos-luz  da Grande Nuvem de Magalhães.

tarantula_gleason900Crédito: John Gleason

Clique aqui para ver a imagem num maior tamanho.

Marte Vermelho ou Escuro? 22/09/2009

Posted by João Lopes in Marte, Sistema Solar.
add a comment

De acordo com investigações feitas por Jonathan Merrison do Aarhus Mars Simulation Laboratory, Dinamarca, Marte deveria ser escuro em algumas regiões!

Marte deveria parecer escuro entre as calotes polares, já que a maioria das rochas nas latitudes médias são basaltos (…) Durante décadas julgamos que as zonas avermelhadas de Marte estariam relacionadas com o facto de Marte ter tido água em estado líquido à superfície (…) Análises subsequentes demonstram que a magnetite se transformou hematite mineral vermelha, através de um processo mecânico sem a presença de água no processo.

Jonathan Merrison

mars_blackmeridiani_hematitePercentagem de hematite na superíficie em Meridiani Platum.

Crédito: NASA

Leia o artigo completo.

Primeiras Jornadas da Astronomia em Torredeita 17/09/2009

Posted by João Lopes in Divulgação.
add a comment

Dias 20 e 21 do presente mês, irão decorrer em Torredeita, no Planetário Fundação Joaquim dos Santos, as Primeiras Jornadas da Astronomia.  O Zé Matos irá fazer uma palestra sobre a Conquista da Lua.